Avançado do Las Palmas condenado a 9 meses de prisão

Araujo recusou fazer teste teste de álcool numa operação stop, em setembro.

Sergio Ezequiel Araujo, avançado argentino do Las Palmas, foi condenado a nove meses de prisão e a dois anos de carta suspensa, por de ter recusado a fazer um teste de álcool numa operação stop. O advogado do jogador anunciou, entretanto, que vai recorrer da sentença.

O jogador estava acusado de um delito contra a segurança no trânsito depois de, no passado dia 26 de setembro, ter recusado realizar o teste de álcool. Araujo alegava que se sentiu enganado pela polícia que, alegadamente, lhe teria pedido para deslocar o carro e por isso recusou realizar o teste.

Araujo já tinha sido condenado por conduzir sob efeito do álcool em 2013, o que agravou a pena. No entanto o jogador deve cumprir a pena com trabalho comunitário.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG