UEFA e FIFA atacam norma da AMA

A FIFA e a UEFA uniram-se a uma voz para rejeitar uma norma da Agência Mundial Antidopagem (AMA), que obriga os desportistas a fornecerem o paradeiro durante os 365 dias do anos.

“Uma coisa é um desportista que se treina sozinho, outra é uma equipa que se localiza simplesmente seis em cada sete dias”, disseram em comunicado conjunto os dois organismos.

E propões uma alternativa: “Em vez disso, propomos que se estabeleça uma norma de localização colectiva para controlar os atletas nos clubes e dentro das instalações destes”.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG