Cavalo de campeã olímpica acusa 'doping'

Isabell Werth foi suspensa preventivamente e vai ser ouvida hoje pelo Tribunal da Federação Internacional, que poderá confirmar o castigo.

Um cavalo da alemã Isabell Werth, vice-campeã olímpica de dressage em Pequim 2008, acusou positivo num controlo antidoping realizado em Wiesbaden, na Alemanha. Por este motivo, a cavaleira foi suspensa, anunciou ontem a Federação Equestre da Alemanha (FN).

Isabell Werth foi convocada para uma audiência no Tribunal da Federação Equestre Internacional (FEI), que se realizará hoje e em que deverá ser confirmada a suspensão da cavaleira.

As análises feitas ao cavalo Wallach Whisper revelaram a utilização de flufenazina, uma substância interditada, usada para tratar a esquizofrenia. Werth vai pedir a contra-análise, segundo a FN.

"É uma catástrofe para o hipismo. Mas não nos vamos deixar abater pelas más notícias", reagiu o presidente da FN, o conde Breido zu Rantzau.

Werth, de 40 anos, é pentacampeã olímpica - quatro vezes colectivamente e uma individualmente - e conquistou em Wiesbaden (30 de Maio a 1 de Junho) dois prémios de dressage com dois cavalos diferentes, um deles é o que acusou positivo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG