Anri Egutidze falha bronze após vencer campeões mundial e olímpico

Judoca português foi uma das surpresas do dia, mas não conseguiu uma medalha nos Europeus de Lisboa.

Anri Egutidze perdeu o combate pelo bronze nos Europeus de Judo de Lisboa, na categoria -81 Kg, com o italiano Christian Parlati, 12.º do mundo, com quem já tinha lutado três vezes. O luso-georgiano falhou assim a ida ao pódio, minutos depois de Bárbara Timo conquistar o bronze.

Esta foi a segunda vez que o judoca perdeu o combate pela medalha de bronze nuns Europeus, depois de também ter ficado em quinto lugar na edição de 2018, em Telavive.

O judoca do Benfica (21.º do mundo) tinha sido relegado para a luta pela medalha de bronze na categoria de -81 kg nos Europeus de Lisboa, ao perder nas meias-finais, com o turco Vedat Albayarak (3.º do ranking mundial), por ippon.

O judoca português, de origem georgiana, teve um percurso impressionante até às meias, ao afastar o italiano António Esposito (29.º), o campeão olímpico, o russo Khasan Khalmurzaev (15.º), e o campeão mundial, o israelita Sagi Muki (2.º).

"Tenho muitos quintos lugares. Esperava acabar o dia com uma medalha"

No final, o judoca sublinhou que "custa muito" repetir o quinto lugar em Europeus. "Tenho muitos quintos [lugares], infelizmente. Custam todos, mas hoje custou-me mais porque, como me sentia, esperava acabar o dia com uma medalha. Sempre meti na cabeça que queria, pelo menos, entrar na final. Dei tudo, não houve nenhum combate em que desisti lá no meio", disse o judoca, admitindo que lhe faltou "mais mobilidade" no último combate.

Ultrapassado o campeonato da Europa, o objetivo de Anri Egutidze cifra-se agora nos Mundiais, que decorrerão em Budapeste, na Hungria, onde aponta à presença no pódio: "Em Kazan espero um bom resultado, mas o principal é o Campeonato do Mundo. Quero muito lutar por medalhas no Mundial. Ainda não estive perto, mas este ano sinto que consigo."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG