Alonso escapa ileso a acidente brutal

COM VÍDEO. Acidente marcou GP da Austrália, que foi ganho por Nico Rosberg

O duplo campeão espanhol de Fórmula 1 Fernando Alonso (McLaren) e o mexicano Esteban Gutiérrez (Haas) foram este domingo afastados do Grande Prémio da Austrália, em Melbourne, na sequência de um espetacular acidente, sem consequências, mas que interrompeu a corrida.

Na 17.ª das 58 voltas, o carro de Alonso embateu, ao tentar ultrapassar perto da terceira curva, com o pneu dianteiro direito na roda traseira esquerda do veículo do mexicano. O carro do duplo campeão mundial asturiano foi atirado pelo ar, dando duas cambalhotas num grave acidente, que terminou sem consequências graves.

"Estou consciente de que gastei hoje uma das vidas que me restavam. Quero agradecer à McLaren, à FIA [Federação Internacional do Automóvel] pela segurança atual dos monolugares. Aos meus companheiros e aos adeptos pela preocupação mostrada e apoio incondicional", escreveu Alonso nas redes sociais.

Apesar de o seu McLaren ter ficado praticamente destruído, Alonso saiu pelo seu próprio pé, tal como Esteban - cujo carro ficou menos danificado.

O acidente motivou a entrada do 'safety car', primeiro, seguido de bandeira vermelha, que provocou a interrupção da corrida, entretanto retomada.

A corrida foi ganha por Nico Rosberg, da Mercedes, que venceu a primeira prova do Mundial de Fórmula 1, à frente do seu companheiro e adversário inglês Lewis Hamilton - o último campeão do mundo que partiu da 'pole position' - e do seu compatriota Sebastian Vettel (Ferrari), que acabaram em segundo e terceiro lugares, respetivamente.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG