A despedida emotiva de Arsène Wenger dos adeptos do Arsenal

"Gunners" derrotaram Burney por 5-0 no último jogo do treinador no Emirates Stadium

22 anos depois da estreia, Arsène Wenger realizou este domingo o último jogo no Emirates Stadium como treinador do Arsenal, tendo derrotado o Burnley por 5-0. As duas equipas fizeram-lhe uma guarda de honra e o treinador francês subiu ao relvado, tendo proferido um discurso emotivo.

"Sempre fui um adepto do Arsenal. Quero agradecer a todos o que fazem deste um clube tão especial. Este grupo de jogadores tem qualidades especiais, não só em campo mas fora dele também. Apoiem-nos na próxima época porque eles merecem", referiu.

"Vou sentir a vossa falta. Obrigado por fazerem parte da minha vida e por me terem mantido aqui por tanto tempo. Acima de tudo, sou um de vós, um adepto do Arsenal", acrescentou.

Entretanto, o Chelsea venceu o Livepool por 1-0, com golo de Giroud e mantém-se na luta por um lugar na Liga dos Campeões. O Liverpool está em teceiro lugar, com 72 pontos, mais um do que o Tottenham, que recebe o Newcastle na quarta-feira. O Chelsea é quinto, com 69 pontos, menos três do que o Liverpool, mas menos um jogo do que os "reds".

Já o virtual campeão Manchester City empatou 0-0 na receção ao Huddersfield, que luta pela permanência.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG