Amnistia Internacional retira prémio a Aung San Suu Kyi

A Amnistia Internacional vai retirar a Aung San Suu Kyi o prémio Embaixadora de Consciência, o mais importante galardão atribuído pela organização de direitos humanos. A decisão foi anunciada à líder de Myanmar, numa carta enviada, este domingo, 11 de novembro, pelo secretário-geral da Amnistia Internacional, Kumi Naidoo. Em causa está a perseguição e as atrocidades contra a minoria muçulmana rohingya, pelo exército de Myanmar. "Como Embaixadora de Consciência da Amnistia Internacional, a nossa expectativa era que continuasse a usar a sua autoridade moral para falar contra a injustiça onde quer que a visse, e não menos importante na própria […]

Para saber mais clique aqui: www.delas.pt

Mais Notícias

Outras Notícias GMG