Rami Malek vai ser o vilão de James Bond no próximo filme de 007

Daniel Craig vai manter-se como o protagonista do 25º filme da saga sobre o famoso agente secreto

O ator norte-americano Rami Malek integra o elenco do próximo filme da saga 007 como vilão de James Bond, interpretado, pela quinta vez, por Daniel Craig, disse esta quinta-feira o realizador, Cary Fukunaga.

O ator ganhou este ano o Óscar de Melhor Ator pela interpretação de Freddie Mercury em 'Bohemian Rhapsody'. "Vou fazer questão de não facilitar a vida ao senhor Bond", assegurou Malek.

Integram ainda o elenco do próximo filme a atriz francesa Léa Seydoux, de regresso ao papel de Madeleine Swann, e o britânico Ralph Fiennes, novamente como 'M', chefe de James Bond. Foi revelado ainda que Ben Whishaw volta a interpretar Q e Jeffrey Wright vai ser Felix Leiter.

Além de Malek, uma das caras novas do filme é a atriz Ana de Armas, de Blade Runner 2049.

A revelação do elenco do 25º filme da saga do agente secreto mais famoso do cinema foi revelado esta quinta-feira a partir da Jamaica - onde o escritor Ian Fleming criou as aventuras de James Bond e onde os filmes Dr No e Live And Let Die foram filmados - com um direto no YouTube.

Início da história revelada

Malek não esteve com os restantes atores e equipa por estar nos EUA a trabalho. "Estou retido em Nova Iorque numa produção. Estou muito entusiasmado por me juntar ao elenco e à equipa. Mal posso esperar por vos ver em breve", afirmou numa mensagem em vídeo.

O novo filme de James Bond conta com a realização de Cary Joji Fukunaga, mas ainda não se sabe como se vai chamar a história que irá suceder a Spectre. O novo capítulo da saga, denominado apenas por Bond 25, deverá estrear em abril de 2020.

Foi revelado também que as filmagens já decorreram na Jamaica, o palco do anúncio do elenco, e na Noruega. Londres e Itália também vão receber a nova aventura do famoso agente secreto.

Aliás, a história começa com James Bond a desfrutar das praias paradisíacas da Jamaica, conforme desvendou a produtora Barbara Broccoli. "Ele não está ao serviço [de Sua Majestade] quando o filme começa, mas a divertir-se na Jamaica".

Mas tudo muda quando Bond tem uma nova missão pela frente: resgatar um cientista raptado. Uma missão do agente secreto que acaba por ser "mais traiçoeira do que o esperado, levando Bond a perseguir um misterioso vilão, armado com uma nova e perigosa tecnologia", segundo revela comunicado, citado pelo The Guardian.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG