Quem vive, quem morre e quem salva a noite na Batalha de Winterfell

A batalha contra os mortos-vivos foi intensa e, como se esperava, nem todos sobreviveram ao terceiro episódio da oitava temporada da Guerra dos Tronos.

Se ainda não viu o episódio 3 da última temporada da Guerra dos Tronos este é o momento para parar de ler este texto. Depois de dois episódios de reencontros e de uma última noite de convívio antes da batalha, a morte chegou a Winterfell.

No longínquo episódio 6 da terceira temporada, Melisandre acabava de conhecer Arya Stark mas logo fez a sua profecia: "Vejo escuridão em ti. E nessa escuridão, olhos a fixarem-me de volta: olhos castanhos, olhos azuis, olhos verdes. Olhos que vais fechar para sempre. Voltaremos a encontrar-nos".

E voltaram. Passadas cinco temporadas, a Mulher de Vermelho voltou a estar frente-a-frente com a mais nova das irmãs Stark. Em Winterfell. Em plena batalha contra os Caminhantes Brancos, é preciso chegar quase ao final da mais longa cena de batalha da história da televisão para perceber que os olhos azuis a que Melisandre se refere são os do Rei da Noite.

Quando a batalha contra os mortos-vivos parecia perdida, quando o Rei da Noite se preparava para matar Bran (o Corvo de Três Olhos) e apagar toda a memória da Humanidade, Arya surge do nada, de adaga em punho - a mesma adaga que Mindinho usou na Temporada 1 para tentar matar Bran - e ataca o Rei da Noite.

O Rei da Noite começa por parar o ataque, agarrando Arya pelo pescoço, fazendo-a largar a adaga. Mas a rapariga - num truque digno do seu treino com os Homens sem Rosto - agarra a arma com a mão direita e esfaqueia o líder dos mortos no abdómen, matando-o a ele e a todo o seu exército de mortos-vivos.

Tudo parece acabar bem - será? - num episódio escuro - literalmente - em que personagens e espectadores se despediram de alguns dos protagonistas que seguiram durante oito temporadas. Esta é a lista de quem morre na batalha de Winterfell.

Quem morreu?

O REI DA NOITE

Para quem se mostrou indestrutível ao longo de oito temporadas, a morte do Rei da Noite às mãos de Arya - em modo "assassina total" -pareceu demasiado fácil. E não faltarão com certeza teorias sobre se este foi mesmo o seu fim.

THEON GREYJOY

Não se pode dizer que a morte de Theon Greyjoy tenha surpreendido os fãs da série. Depois de matar todos os mortos-vivos que conseguiu para proteger Bran, Theon não resistiu ao Rei da Noite. Mas morreu em paz, depois de Bran lhe ter dito que ele é "um bom homem".

MELISANDRE

A Mulher de Vermelho voltou a Winterfell mesmo a tempo da batalha final. E depois de invocar o Deus da Luz para incendiar as trincheiras e travar os mortos-vivos e de se confrontar com Arya, Melisandre cumpre a sua profecia de não chegar viva ao dia seguinte. Com o Rei da Noite morto e sob o olhar de Sir Davos - que nunca lhe perdoou ter queimado a pequena Shireen viva - a sacerdotisa caminha em direção ao sol, tirando o colar que a mantinha jovem e acabando por se desfazer em pó.

LYANNA MORMONT

Lady Lyanna Morimont recusou ir para a cripta com as mulheres, assumindo o seu papel de líder e lutando contra os mortos. Ora foi precisamente a lutar que morreu. Não sem antes esperar a espada no olho de um gigante zombie. Ressuscitada por breves momentos pelo Rei da Noite, acabou por morrer com o restante exército dos mortos quando este é morto por Arya.

SIR JORAH MORMONT

O primo de Lyanna morreu como viveu: a proteger a sua amada Daenerys. Foi de espada de aço valiriano em punho que Sir Jorah foi afastando todos os mortos que tentavam chegar à Mãe dos Dragões depois de esta ter caído do dorso de Drogon para o meio do campo de batalha. Não resistiu aos ferimentos e morreu nos braços de uma Daenerys em lágrimas.

BERIC DONDARRION

O líder da Irmandade sem Bandeira gastou a sua última vida para salvar Arya e o Cão de Caça do ataque de uma multidão de mortos-vivos.

DOLOROUS EDD

O ex-comandante da Patrulha da Noite manteve-se leal aos companheiros até ao fim, morrendo para salvar Sam de um morto-vivo.

VISERION

Morto pelo Rei da Noite e ressuscitado por este, o dragão entrou pela primeira vez em confronto direto com os irmãos durante a batalha de Winterfell. Mas estilhaçou-se como o resto do seu exército de mortos-vivos quando este foi morto por Arya.

E quem sobreviveu?

Todos os que não estão na lista acima. Daenerys e Jon escaparam por pouco e vão agora ter de resolver qual dos dois tem mais direito ao Trono de Ferro. Jamie e Brienne combateram lado a lado contra os mortos-vivos, mas agora vão ter de enfrentar a irmã (e amante) dele em Porto Real. E quem sabe dar uma hipótese a uma possível relação - se Tormund não se antecipar nesse campo. Arya matou o Rei da Noite, mas ainda tem Cersei para riscar da sua lista. Sansa e Tyrion tiveram um momento de carinho na cripta, mas terá sido apenas a perspetiva da morte iminente?

Grey Worm, o destemido comandante dos Imaculados, é um dos sobreviventes mais improváveis desta batalha. Resta saber se escapa de Porto Real para poder passar o resto da vida com a sua amada Missandei.

Depois de ajudar a derrotar os mortos com as suas armas de vidro de dragão, Gendry poderá voltar a ser determinante em Porto Real. E para quem sonha como uma união Baratheon-Stark, pode sempre apostar na sua relação com Arya.

E Bran escapou ao Rei da Noite e promete ter uma palavra a dizer no final da Guerra dos Tronos.

E agora?

"Vencemos a grande guerra, agora vamos vencer a última guerra", diz Daenerys no teaser para o episódio 4. Depois da luta contra os mortos no Norte, a ação muda-se para Sul. Nas imagens vemos Cersei ao lado de Euron Greyjoy a preparar as suas tropas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG