Exclusivo "Ninguém lê livros aborrecidos, esse é o maior crime que se pode fazer aos leitores"

Em Inglaterra, o apresentador de televisão Richard Osman teve um sucesso tão gigantesco como inesperado com o seu primeiro livro. Um policial com quatro protagonistas de 80 anos que faz lembrar os de Agatha Christie e que se tornou o mais recente best-seller em Portugal.

O nome de Richard Osman era desconhecido da quase totalidade dos portugueses, mas essa "falha" está a desaparecer a cada dia que passa. Afinal, o seu primeiro livro, O Clube do Crime das Quintas-Feiras, chegou há poucos dias às nossas livrarias e já atingiu o primeiro lugar das vendas. Não é situação única, em Inglaterra aconteceu o mesmo, tendo vendido mais de milhão e meio de exemplares nas semanas após o lançamento. O policial, em que os quatro protagonistas são idosos e vivem num lar, tem muito humor e ação e até foi considerado um sucesso como o de Harry Potter. Mas não é J.K. Rowling a senhora com que Osman é comparado, antes à Dama do Crime, a célebre escritora Agatha Christie. Quem lê este livro sente grandes vibrações de Miss Marple, até de Hercule Poirot, uma situação que o marketing editorial imediatamente aproveitou. O autor não se importa com a comparação, afinal considera-a a melhor escritora de policiais de sempre e no Twitter pode ler-se esta sua afirmação sobre O Clube do Crime das Quintas-Feiras: "Soa de forma muito suspeita aos livros de Agatha Christie".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG