Exclusivo Não há quem pare as reuniões de celebração em Hollywood

Filão ou moda, os encontros à distância das estrelas para festejar filmes ou séries são uma das tendências destes tempos de pandemia. Separados e nas suas casas, os atores festejam as efemérides de obras como O Senhor dos Anéis, O Silêncio dos Inocentes, O Rei dos Gazeteiros ou Regresso ao Futuro...

Foi através da fúria do espírito da ligação online em tempos de pandemia que as reuniões de séries e filmes famosos tornaram-se moda. A internet descobriu uma nova pólvora! Não só o público destila o prazer da nostalgia com o seu passado de entretenimento de estimação, como tem o bónus de ver a transformação dos atores por intermédio desse grande escultor chamado tempo. Com a passagem dos anos vem também um à-vontade de distância maior para reviver as memórias. Os atores acham graça, rentabilizam o seu estatuto e o digital faz que os clássicos ganhem uma maior notoriedade.

O próprio facto de estarem todos separados no Zoom faz que essa proximidade tenha uma espécie de almofada de segurança. Na nossa cabeça, sobretudo de quem é fã daquilo que se celebra, há sempre essa ideia confortável que estes atos de showbiz são a coisa mais espontânea do mundo e que todos se dão bem. Verdadinha seja dita, nestas reuniões da moda o espírito é de galhofa e de aparente festividade. Não são propriamente momentos de crispação em que se lava a roupa do passado - todos sabem que um tom desagradável pode ser hoje pretexto para um linchamento em praça pública digital. Precisamente por isso, nesta espécie de "o que é feito de si", todos estão com o seu melhor sorriso e com a melhor das disposições, à boa maneira de uma festa de antigos estudantes do liceu. E as histórias e os segredos antigos desfilam sem problemas, sempre por entre uma gargalhada ou um olhar condescendente. Do outro lado do computador espera-se uma audiência à partida conquistada. São os fãs e o espectador carente quem segue isto, apesar de, em certos casos, a coisa ganhar uma dimensão mais global. Tome-se o exemplo da reunião que a Variety propôs a Anthony Hopkins e a Jodie Foster, a propósito dos 30 anos de O Silêncio dos Inocentes, cuja repercussão foi tão grande que até os telejornais de todo o mundo deram eco.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG