Exclusivo François da Silva: o beirão que veio do cinema para Os Amiguinhos

Nome conhecido da produção e programação de cinema em França, François da Silva, emigrante francês, regressou a Portugal e descobriu um filão nas animações no YouTube. História surpreendente de reinvenção ou como o cinema pode ficar em stand-by.

De diretor da Quinzena dos Realizadores a campeão do YouTube em Portugal. Aos 60 anos, François da Silva é um autodidata do cinema que é um exemplo das fintas do destino. Quem tem filhos em tenra idade já se deve ter deparado com Os Amiguinhos, pequenos vídeos de animação que estão no YouTube, contos famosos dobrados em português brasileiro que parecem ter um segredo mágico para captar a atenção. O número de visualizações, sobretudo contando com o mercado brasileiro, são astronómicos. "Tudo isso é surreal para mim, há uns anos eu era um infoexcluído, não percebia nada do YouTube ou das redes sociais", começa por dizer. Terá sido um daqueles acidentes felizes que o levou para este negócio, sobretudo em resposta a uma vida de agente e produtor de cinema que o deixou fatigado de tanta viagem. Isso e a forma como a globalização terá tornado obsoleta uma certa maneira de descobrir talentos e filmes no cinema...

Em jeito de flashback, a aventura de François começa quando muito menino sai da Covilhã em 1967 e junta-se com o seu irmão aos pais, emigrantes em Vosges, França "Como todos os portugueses em França, trabalhei dos 16 aos 20 numa fábrica mas depois não quis mais nada com a comunidade portuguesa e fiz-me à vida, fiquei 20 anos sem falar português". O "à vida" foi vender bilhetes de cinema, algo que o aproximou para sempre com este universo. Daí até gerir uma sala foi um passo, sempre sem cursos ou estudos superiores. François é daqueles casos em que o cinema acabou por ser uma escola de vida. Aos 23 anos já dirigia uma sala numa pequena cidade do leste, junto à fronteira suíça e nesse período começou a ser uma referência na programação. Uma referência tão forte que aos 40 anos foi chamado para dirigir salas em Marselha, cidade onde fez furor e ganhou muitos contactos com cineasta consagrados.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG