Disney avisa que novo Star Wars pode causar ataques epilépticos

Walt Disney Studios e Epilepsy Foundation publicaram esta sexta-feira um aviso a dar conta de que Star Wars: Rise of Skywalker contém "várias sequências de imagens com luzes intermitentes que podem afetar quem tem epilepsia fotossensível"

A Walt Disney Studios aconselha os espetadores a terem cuidado com "várias sequências de imagens com luzes piscantes" no filme Star Wars: The Rise of Skywalker.

Num comunicado conjunto, a produtora e a Epilepsy Foundation escrevem que estão a trabalhar em conjunto para aconselhar os espetadores fotossensíveis a serem cautelosos ao assistir ao filme, pois há sequências com imagens e luzes intermitentes que podem afetar as pessoas com epilepsia fotossensível".

Na nota, a Epilepsy Foundation aconselha a quem quiser assistir ao filme para se fazer acompanhar de um amigo que já tenha visto o filme para ele o possa alertar sobre as cenas em causa e para ensinar esse amigo o procedimento dos primeiros socorros em caso de convulsões.

Estima-se que cerca de três por cento das pessoas que sofrem epilepsia são fotossensíveis, ou seja, podem sofrer convulsões quando expostas a luzes brilhantes a piscar rapidamente.

O Star Wars: The Rise of Skywalker vai para as salas de cinema portuguesas a 19 de dezembro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG