Casamento de ator mexicano juntou mais de 300 convidados - cerca de 100 estão infetados

De acordo com diretor de saúde da região da Baja Califórnia, o ator Armando Torrea não cumpriu as normas de segurança.

O ator Armando Torrea, muito popular no México pelas suas participações em telenovelas, casou-se no início do mês e deu uma festa de arromba, com centenas de convidados, mas sem cumprir as regras sanitárias neste período de pandemia de covid-19, como uso de máscaras e distância social. Agora o resultado está à vista: cerca de 100 convidados estão infetados, informou a imprensa mexicana.

A celebração, que se realizou no dia 3 de outubro no estado mexicano da Baja Califórnia, já mereceu duras críticas de Alonso Pérez Rico, diretor da Secretaria de Estado de Saúde da região, que acusou o ator de não ter tomado medidas de prevenção contra a covid-19.

Poucos dias depois da festa, começaram a aparecer os primeiros casos de pessoas com sintomas. Todos os convidados, mais de 300, foram testados. E cerca de 100 acusaram positivo.

"O casamento teve um grande fluxo de pessoas, não tinha protocolos, nem foram tomadas medidas de prevenção. Não tinha nada, nem pediram autorização", garantiu Pérez Rico.

José Ron, ator mexicano que esteve na festa de casamento, já veio entretanto negar que a celebração não tenha cumprido as normas de saúde. "Há muita desinformação. Estive no casamento e acho lamentável tudo o que estão a dizer. A festa teve protocolos de segurança", atirou.

O ator, assim como a organização do evento, estão agora sob investigação das autoridades mexicanas, já que desrespeitaram as normas que vigoram atualmente no país, que limitam as festas de casamentos a 50 pessoas

Devido ao aumento do número de casos de coronavírus, as autoridades de saúde estão a ponderar fechar o comércio e colocar a Baja Califórnia em estado de alerta vermelho.

Mais Notícias