Exclusivo Busto, o primeiro trabalho de Amália com Alain Oulman

O disco inaugurou uma parceria que até então parecia improvável e deu como fruto alguns dos maiores êxitos daquela que foi muito mais do que uma fadista.

Está desde ontem disponível uma nova edição remasterizada do álbum Busto, de Amália Rodrigues. Chega como um disco triplo com muitos extras, gravações de estúdio, ensaios, e uma entrevista e um DVD com a gravação de um programa de televisão na RTP datada de 1961. Coordenado por Frederico Santiago, esta nova edição tem como base o original de 1962, e segue a linha estipulada da reedição integral que está a ser feita pelo coordenador nos últimos anos.

"Obviamente, como uma obra integral tem tudo, a certa altura tinha de vir o Busto, e tal como noutras edições já publicadas juntou-se todo o material que Amália gravou nas sessões de gravações, e ainda gravações inéditas e outras que tinham sido editadas mas que já não estão disponíveis." Frederico Santiago recorda que este é o primeiro disco que inaugura a ligação "pouco provável" com o compositor luso-francês Alain Oulman. A pesquisa que o coordenador tem feito da obra de Amália é uma constante e isso impossibilita-o de indicar o espaço temporal que demorou a reunir este "novo" trabalho. "Ao mesmo tempo que o estive a fazer estou a fazer outros e numa investigação constante de uma coisa surgem por vezes outras."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG