7 dias, 7 propostas pelo editor Vítor Silva Mota

1. Passeio
Parque de Serralves
Bowling no Arrábida shopping,
Porto
Domingo, 17 de outubro

Uma boa tarde de domingo no Porto pode ser passada de muitas maneiras. Se o tempo o permitir - e tem permitido - há vários parques para passear e uma frente de rio maravilhosa. Passear no Parque de Serralves - com uma passagem na Casa para ver a recentemente inaugurada exposição Joan Miró. Signos e Figuração - é sempre um enorme prazer. Estando mais frio ou de chuva, há um desporto - que para mim é mais uma diversão - que gosto de praticar: trata-se do bowling, ideal para passar uma tarde agradável com amigos ou em família. Embora não se possa praticar em todo o lado, há alguns bons locais onde o podemos fazer e, na zona do Grande Porto, há uma pista no Microlândia Club, no Arrábida Shopping, que frequento com alguma regularidade. Gastas as energias, há depois que repô-las! E para isso o que não faltam na cidade são opções para um lanche reforçado, que tanto pode ser mais doce - a Confeitaria Petúlia, na Rua Júlio Dinis, nunca desilude - ou mais salgado - e aí as famosas sandes de pernil da Casa Guedes, na Praça dos Poveiros, são um delicioso cartão-de-visita da Invicta.

2. Nadar
​​​​​​​Nadar para acordar e cinema com...veneno
Clube Fluvial Portuense
Segunda-feira, 18 de outubro

Sou adepto e praticante de natação há muitos anos e acredito que a semana começa melhor com umas braçadas na piscina. Uma boa hora a nadar ajuda-nos a manter a forma e a descontrair, preparando corpo e mente para a jornada de trabalho. Há muitas e boas piscinas no Porto, mas posso recomendar a do histórico Clube Fluvial Portuense. A natação, conhecida como o mais completo dos desportos, faz-nos gastar muitas energias, pelo que antes de começar a trabalhar há que parar para um café e um croissant - por exemplo na Padaria Ribeiro, ali perto, nos Pinhais da Foz, local de eleição para os amantes da melhor pastelaria. Atravessado o primeiro dia de trabalho da semana, o cinema é sempre um bom programa para segunda-feira à noite. Em semana em que celebramos a banda desenhada e os comics - e já veremos, mais adiante, porquê - proponho o filme Venom: Tempo de Carnificina, que faz regressar ao grande ecrã este medonho alienígena da Marvel.

3. Cinema
Festival do Cinema Francês
Cinema Rivoli, Porto
Terça-feira, 19 de outubro


Apesar de grande parte da minha vida profissional ser dedicada aos livros, sou também adepto de boas séries de TV. Uma das que vi recentemente e que recomendo é O Método Kominsky, uma bem medida mescla entre o drama e a comédia protagonizada por Michael Douglas, que aqui veste a pele de um conhecido professor de teatro/cinema de Hollywood e que tem na sua amizade com um famoso produtor um dos pontos mais interessantes. Para quem preferir sair de casa em vez de ficar colado ao sofá, arranca neste dia a "secção" portuense do sempre excelente Festival de Cinema Francês. A abertura é às 20h30 no Rivoli com a comédia Adeus Idiotas (Adieu les Cons), realizada por Albert Dupontel: a história de uma cabeleireira que, ao descobrir que está gravemente doente, decide procurar o filho que foi forçada a abandonar quando tinha 15 anos, o que a levará num hilariante percurso no qual se cruza com uma vítima de um esgotamento e um arquivista cego dado a excessos de entusiasmo.

4. Exposição
Hergé na Gulbenkian
Fundação Calouste Gulbenkian
Lisboa
Quarta-feira, 20 de outubro


Inaugurada recentemente e absolutamente a não perder, a exposição Hergé, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, é, como o nome indica, dedicada ao criador de Tintin que era, na verdade, muito mais do que "só" o criador de Tintin. Além de famoso pela banda desenhada, Hergé foi também, entre outras coisas, artista plástico e publicitário. A exposição na Gulbenkian dedica-lhe várias salas, onde se podem admirar diversas peças trazidas do Musée Hergé, na sua Bélgica natal. A exposição, que segue uma ordem cronológica contrária à esperada, termina com a publicação, em 1929, da primeira aventura de Tintin, Tintin no País dos Sovietes, justamente a obra que, numa cuidada versão a cores totalmente inédita, a ASA irá lançar em novembro, com apresentação pública agendada para 6 de dezembro, às 18h00, no âmbito desta exposição na Gulbenkian.

5.Livro
Asterix e o Grifo
Lançamento nas Livrarias Latina (Porto) e Buchholz (Lisboa)
Quinta-feira, 20 de outubro


Há muitas livrarias emblemáticas no Porto e em Lisboa. Não desdenhando de outras igualmente famosas, para este dia especial proponho duas - a Latina, na Rua de Santa Catarina, no Porto, e a Buchholz, na Rua Duque de Palmela, em Lisboa -, onde os fãs de Astérix poderão finalmente pôr as mãos no 39.º álbum da coleção, que hoje sai em lançamento mundial, com uma tiragem global de 5 milhões de exemplares! Intitulada Astérix e o Grifo, esta nova aventura levará o pequeno herói gaulês de bigode farfalhudo a viajar até à terra dos sármatas, um povo nómada antepassado dos eslavos, para aí, nesse território virgem e gelado, se lançar, juntamente com Obélix e Ideiafix, no encalço de um animal mítico: o misterioso e aterrador grifo! Há muito que os fãs esperavam por este livro - em cujas versões portuguesa e mirandesa tive o prazer de trabalhar como editor -, pelo que faz todo o sentido que, no dia em que o mundo o vai conhecer, façam fila nas livrarias para serem os primeiros a tê-lo e a lê-lo!

6. Marionetas
Festival Internacional de Marionetas do Porto
Teatro Municipal, Casa da Música e Rivoli
Sexta-feira, 22 de outubro


O FIMP - Festival Internacional de Marionetas do Porto é uma verdadeira instituição. A edição de 2021, dirigida por Igor Gandra, começou a 15 de outubro e continuará até ao final de novembro, em vários pontos da cidade. Neste dia 22 há pelo menos três propostas diferentes, todas elas dignas de nota: para as crianças, a estreia nacional de Pour Bien Dormir, uma criação de MecaniKa, projeto de Paulo Duarte (10h00 e 14h00, Campo Alegre - Teatro Municipal); a estreia absoluta de Os Sonhos do Tom, a mais recente criação da Limite Zero (11h00 e 14h30, Casa da Música); e, para um público já mais adulto, será apresentado, no Rivoli, às 19h30, o espetáculo Forecasting, resultante de uma parceria italo-húngaro-francesa formada pelos artistas Giuseppe Chico, Barbara Matijević e pela companhia Premier Stratagème.

7. BD
Festival Internacional de Banda Desenhada
Amadora
Sábado, 23 de outubro


Regressado ao formato presencial depois das restrições impostas pela pandemia, o Festival Internacional de Banda Desenhada, mais conhecido por Amadora BD, mudou o seu poiso habitual e passa a ter como quartel-general o Ski Skate Amadora Park, embora as suas atividades passem também por outros espaços na Amadora. Enquanto editor de banda desenhada, este festival tem para mim bastante relevância, não só porque a editora onde trabalho - a LeYa/ASA - ali estará representada, como sempre, com um espaço dedicado à venda das nossas edições de BD, mas também porque a programação deste ano incluirá atividades importantes dedicadas a personagens e autores com os quais temos o gosto de trabalhar: uma exposição sobre Lucky Luke, o lendário cowboy que dispara mais rapidamente do que a própria sombra e que completa 75 anos, e uma mostra sobre Michel Vaillant, criado por Jean Graton, infelizmente falecido em janeiro de 2021. Uma visita imprescindível para todos os amantes de banda desenhada.

Sugestões por Vítor Silva Mota, editor de literatura infantojuvenil e de Banda Desenhada da ASA, grupo LeYa.

filipe.gil@dn.pt

Mais Notícias

Outras Notícias GMG