Microsoft apresenta concorrente do iPad

A empresa norte-americana Microsoft apresentou na segunda-feira o "tablet", "Surface", que irá competir no mercado com o iPad da Apple.

O 'tablet' foi dado a conhecer pelo presidente executivo do gigante informático, Steve Ballmer, que o descreveu como um aparelho para "trabalhar e brincar", durante um evento em Los Angeles mantido em segredo até ao último momento.

O 'tablet' "Surface" virá em duas versões. Uma, com o software Windows RT - versão do Windows 8 para processadores ARM -, tem 9,3 milímetros de espessura e pesa 676 gramas. Está equipado com um ecrã de alta definição de 10,6 polegadas, porta USB 2.0, saída micro HD Video e encontrar-se-á disponível com 32 ou 64 gigabytes de memória.

O segundo modelo será dotado com o sistema Windows 8 Pro - que corre em processador Intel. Possui 13,5 milímetros de espessura, pesa 903 gramas e oferece, além de porta USB 3.0, saída vídeo Mini DisplayPort e uma memória de 64 ou de 128 gigabytes.

As especificações divulgadas pela Microsoft podem ser consultadas AQUI.

Além disso, como se mostra no portal da Microsoft dedicado ao "Surface",poder-se-á adicionar um teclado de material flexível, disponível em cinco cores brilhantes para quem preferir o teclado convencional.

Os novos 'tablets' deverão ser comercializados a partir do outono, a mesma data apontada para o lançamento do Windows 8, o novo sistema operativo da Microsoft.

"Surface" é também o nome dos ecrãs sensíveis ao toque que a Microsoft desenvolveu para o mercado dos negócios para ser usado nomeadamente em restaurantes, lojas e bares.

O anúncio surge dois dias antes da chamada cimeira Windows Phone da Microsoft, em São Francisco, nos Estados Unidos, onde se espera que o gigante apresente a próxima versão do seu sistema operativo para 'smartphones', que deverá chamar-se Windows Phone 8.

A Microsoft tinha convocado a imprensa especializada a estar presente na segunda-feira num "evento especial", mas o tema não fora revelado. As publicações especializadas em tecnologia, como CNET e Mashable, especularam de imediato poder tratar-se de um 'tablet'.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG