Stress urbano reconhecido pela primeira vez no cérebro

Artigo de investigadores alemães e canadianos publica hoje o artigo na revista Nature.

Num estudo realizado com voluntários e recorrendo a visualização do cérebro por ressonância magnética, os investigadores conseguiram identificar pela primeira vez duas zonas do cérebro que estão envolvidas na resposta ao stress induzido pelas cidades.

São a amígdala e o córtex cingulado, que estão envolvidas na regulação das emoções (a primeira), e das emoções negativas e do stress, a segunda.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Mais Notícias

Outras Notícias GMG