"Seguro de vida" de Neil Armstrong vai a leilão para ajudar jovens

O envelope assinado pelo primeiro homem a pisar a Lua seria usado pela família caso a missão corresse mal.

Um envelope com a assinatura de Neil Armstrong vai a leilão a partir de sábado no site da Fundação Astronaut Scholarship. A relíquia foi doada pelo filho do astronauta, Rick Armstrong, que espera que a venda venha a ajudar jovens estudantes nas áreas das ciências, tecnologias, engenharia ou matemática.

Trata-se de um envelope assinado por aquele que foi o primeiro homem a pisar a lua, a 20 de julho de 1969, e pelos outros astronautas da Apollo 11 - Buzz Aldrin e Michael Collins - e era uma espécie de "seguro de vida" para a família: caso a missão corresse mal e Armstrong não regressasse, esta poderia fazer algum dinheiro com a venda das centenas de envelopes que ele deixara autografados.

Ao longo das últimas décadas, envelopes semelhantes de Buzz Aldrin e Michael Collins renderam milhares de dólares, mas nunca antes houvera um da coleção de Armstrong. Este tem uma base de licitação de 15 mil dólares.

O leilão decorrerá no site da Fundação Astronaut Scholarship, entre os dias 1 e 8 de novembro. O organismo, criado em 1984 pelos astronautas do projeto Mercury - o primeiro programa tripulado de exploração espacial da Nasa -, financia 28 bolsas de estudo no valor de 10 mil dólares.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG