Viagra faz 15 anos

É uma das grandes descobertas farmacêuticas do final do século XX. Pelos menos é assim que o comprimido azul Viagra, que agora faz 15 anos, é definido por médicos e pacientes. A droga foi descoberta acidentalmente quando a farmacêutica Pfizer trabalhava num tratamento para a hipertensão e problemas cardíacos.

Foi há 15 anos que o Viagra foi autorizado pela Food and Drug Administration dos Estados Unidos para ser comercializado. E desde 27 de março de 1998 que a pílula azul se revelou como um dos medicamentos mais rentáveis de sempre. Poucas semanas depois de ser aprovada a sua comercialização foi passadas mais de 40 mil prescrições médicas.

Atualmente o Viagra controla 45 por cento do mercado, com 8 milhões de receitas prescritas por médicos em 2012, o que deu a ganhar à Pfizer dois mil milhões de dólares em vendas.

O medicamento só é vendido mediante receita médica já que os profissionais da medicina alegam que o seu uso pode provocar efeitos secundários em alguns pacientes como enfarte do miocárdio, arritmia ventricular e AVC.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG