Pequeno almoço previne problemas de coração

Estudo publicado no jornal norte-americano Circulation mostra que saltar o pequeno-almoço está relacionado com maior risco de problemas cardíacos.

Tomar o pequeno-almoço ajuda a prevenir os problemas cardíacos, segundo investigadores norte-americanos. O estudo, publicado no jornal Circulaton, mostrou que quem não faz esta refeição tem mais probabilidade em sofrer problemas de coração.

O estudo levado a cabo pela equipa norte-americana da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, decorreu durante 16 anos e contou com a colaboração de 27.000 homens com idades entre os 45-82 anos. Durante o período de estudo, registaram-se mais de 1.500 ataques cardíacos ou casos de falha cardíaca fatal.

A equipa de investigadores verificou que aqueles que não tomavam a refeição estavam 27% mais propícios a problemas cardíacos. Além de saltar o pequeno-almoço, os investigadores alertaram também para outros factores de risco, como o tabaco e a falta de exercício.

Dr. Leah Cahil, investigador norte-americano, em entrevista à BBC disse que saltar o pequeno-almoço, aumenta o risco de pressão arterial, obesidade e diabetes o que pode ter repercussões no coração. Inclusive, referiu que é importante comer uma hora depois de acordar, qualquer alimento é melhor do que nada, apesar de alimentos saudáveis e equilibrados serem melhores para a saúde.

Embora o estudo tenha utilizado como amostra só homens brancos, os especialistas acreditam que os resultados podem ser os mesmos para mulheres e outros grupos étnicos, apesar de as hipóteses ainda estarem para ser estudadas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG