Organização Mundial de Saúde aprova teste que deteta ébola em 15 minutos

Exame de diagnóstico rápido do vírus foi desenvolvido pela americana Corgenix. Não precisa de eletricidade para apresentar resultados e começa a ser distribuído nas próximas duas semanas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) aprovou hoje o primeiro teste rápido para o ébola, um avanço importante para terminar com a epidemia que já matou quase dez mil pessoas na África Ocidental.

O teste, desenvolvido pela americana Corgenix Medical Corp, é menos preciso do que o exame atualmente em uso para detetar o vírus, que passa por procurar no sangue o material genético do ébola, mas é mais fácil de executar, não precisa de eletricidade e apresenta resultados em aproximadamente 15 minutos, disse o porta-voz da OMS, Tarik Jasarevic.

Segundo Jasarevic, os 'kits' necessários para efetuar o teste rápido só serão distribuídos daqui a uma ou duas semanas, já que a empresa está ainda a calcular os custos e a terminar os procedimentos administrativos exigidos pela U.S. Food and Drug Administratio, o organismo responsável por aprovar medicamentos nos Estados Unidos da América.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG