Casos clínicos à moda do Dr. House atraem 400 jovens

A participação em "workshops" com casos clínicos "à moda do Dr. House" e ouvir cientistas de renome são algumas das actividades do "Young European Scientist Meeting", que começa no sábado na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).

A sexta edição do evento conta com a participação de 400 jovens cientistas de 37 nacionalidades e com a presença de personalidades como Gero Hütter (conhecido pela cura de um paciente com HIV através da realização de um transplante de medula óssea) e Robert Montmogery (líder da equipa cirúrgica que efectuou a extracção de um rim de forma minimamente invasiva e considerado um dos melhores do Mundo na área), entre outros.

A iniciativa, organizada pela FMUP, começa no sábado e prolonga-se até domingo, integrando palestras com cientistas de renome internacional mas também 16 workshops.

Em comunicado enviado à Lusa, a FMUP esclarece que "caberá a alguns dos melhores professores" da instituição "liderar estes workshops que compreendem experiências com casos clínicos peculiares "à moda do Dr. House", mini-cursos de sutura e laparoscopia".

A isto, soma-se o "treino de situações de emergência médica com recursos a "bonecos" biónicos muito convincentes que "sofrem" episódios de paragem cardiorrespiratória e outras complicações clínicas que têm de ser prontamente resolvidas".

Os participantes vão também apresentar os trabalhos científicos que desenvolvem nas suas universidades, nas áreas de Fisiologia e Imunologia, Neurociências, Oncologia e Biologia Molecular, Medicina Interna e Cirurgia, sujeitando-os à avaliação dos investigadores seniores.

No total, serão apresentados 100 trabalhos de investigação e distribuídos prémios que ascendem a cinco mil euros, revela a FMUP.

Criado em 2006, o "Young European Scientist Meeting" reuniu desde logo mais de 300 estudantes de 20 nacionalidades diferentes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG