O peito dela merece entrar no Guinness

A norte-americana Chelsea Charms, 34 anos, habilita-se a entrar para o Livro dos Recordes do Guinness por ter as maiores mamas do mundo. Cada uma pesa quase 12 quilogramas e... não param de crescer.

Veja aqui uma reportagem sobre este caso:

Na origem deste "fenómeno" estão uns implantes de polipropileno que são, hoje em dia, ilegais.

Segundo o jornal britânico "Daily Mirror", estes implantes - que não contêm silicone ou qualquer solução salina - provocam nos tecidos do corpo uma irritação, que leva a que a mama gere um soro natural.

Este líquido acaba por ser reabsorvido pelo implante, que assim aumenta de tamanho. No caso de Chelsea Charms, segundo a própria, todos os meses as suas mamas crescem 2,5 centímetros. Juntas, contêm 12 litros de fluido, escreve o "Daily Mirror".

"Quando fiz os implantes não pensei em vir a ter as maiores mamas do mundo", diz Chelsea Charms. "Mas elas parece que têm vontade própria. Felizmente elas pagam-se a si próprias!", acrescenta a norte-americana, que trabalha na indústria pornográfica.

E ela bem que precisa do dinheiro, uma vez que a cada dois meses tem de comprar novos sutiãs, feitos por encomenda, claro.

Chelsea gosta tanto dos seus "atributos" que até lhes deu nome: "Itsy e Bitsy". Um caso para o Guinness, seguramente.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG