Inventados bifes e hambúrgueres feitos com fezes

Cientistas japoneses inventaram aquilo a que chamam "hambúrguer de cocó". Segundo os especialistas é possível criar carne artificial de despejos que contém fezes humanas.

O boom da população mundial previsto para os próximos anos vai causar, segundo os cientistas, falta de alimentos. Qual a solução? Fazer comida a partir de desperdícios materiais humanos.

Segundo o "Daily Mail", Mitsuyuki Ikeda, um dos investigadores do Okayama Laboratory, desenvolveu bifes e hambúrgueres baseados em proteínas retiradas de excrementos humanos. Após lhe ter sido pedido para tentar arranjar usos para desperdícios, Ikeda descobriu que que estes continham uma grande quantidade de proteína, devido a todas as bactérias.

Os especialistas extraíram as proteínas, e combinaram-nas com um produto que aumenta as reacções, colocando-as num reactor que cria a carne artificial. A carne tem 63% de proteínas, 25% de hidratos de carbono, 3% de líquidos e 9% de minerais. Esta é ainda colorida de vermelho com corantes alimentares e o seu saber é melhorado com uma proteína de soja. Em testes experimentais as pessoas visadas tem gostado do sabor e, até o relacionaram ao sabor do bife.

Os cientistas esperam que o produto possa custar o mesmo do que a carne verdadeira à venda hoje em dia, mas no momento os bifes e hambúrgueres de excrementos são de 10 a 20 vezes mais caros, devido a terem de suportar os custos da investigação.

O professor Ikeda diz compreender que as barreiras psicológicas a ultrapassar pelas pessoas, que sabem que estão a comer fezes humanas. No entanto, esperam que quando a pesquisa estiver completa as pessoas sejam capazes de ultrapassar tais detalhes em favor da responsabilidade ambiental e da redução de calorias. E também, se os alimentos faltarem...

Mais Notícias

Outras Notícias GMG