Descoberto exoplaneta do tamanho da Lua

Cientistas da missão Kepler da NASA descobriram hoje um novo sistema planetário, que tem o mais pequeno planeta a orbitar uma estrela semelhante ao Sol, anunciou a agência espacial norte-americana em comunicado.

O sistema, chamado Kepler-37, tem três exoplanetas (planetas fora do sistema solar) e está localizado a cerca de 210 anos-luz da Terra, na Constelação de Lira.

O mais pequeno dos exoplanetas, o Kepler-37b, é ligeiramente maior do que a Lua e tem um terço do tamanho da Terra. No entanto, é mais pequeno do que Mercúrio, o que tornou a sua descoberta um desafio para os astrónomos.

A missão com o telescópio Kepler procura planetas do tamanho da Terra perto, ou mesmo dentro, da "zona habitável", região de um sistema planetário onde água em estado líquido poderá existir à superfície de um planeta a orbitar uma estrela.

Contudo, apesar de a estrela em Kepler-37 pertencer à mesma classe do Sol, ainda que mais pequena e fria, o novo sistema planetário descoberto parece ser bastante diferente do sistema solar.

Astrónomos creem que o planeta Kepler-37b, provavelmente rochoso, não tem atmosfera e não pode suportar vida.

No seu conjunto, os três exoplanetas orbitam a mesma estrela, a uma distância inferior à que separa Mercúrio do Sol, o que sugere que são muito quentes e inóspitos.

Os primeiros exoplanetas descobertos por cientistas a orbitarem uma estrela eram enormes.

Porém, à medida que a tecnologia foi avançando, foram detetados planetas fora do Sistema Solar cada vez mais pequenos. A missão Kepler revelou, segundo a NASA, que até os exoplanetas do tamanho da Terra são comuns.

Tem quase o mesmo tamanho que a "nossa" Lua, mas falta-se a água e a atmosfera para produzir vida. Kepler-37-b faz parte de um sistema com outros exoplanetas que orbitam à volta de uma estrela parecida com o Sol (Kepler-37), situado a 210 anos luz da terra, numa constelação chamada Lira.

A nave Kepler, lançada em 2009 pela NASAm, tinha como objetivo descobrir novos planetas rochosos que pudessem criar vida, e descobriu três mundos quando passava perto de uma estrela muito mais fria que o Sol, a que chamaram de Kepler-37.

O órbita do "novo planeta" tem uma duração de 13 dias e uma temperatura que atinge os 400º C.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG