De carnívoro feroz a herbívoro muito dócil

Estudo revela que o diatryma nunca passou de um herbívoro bastante dócil.

Um grupo de cientistas americanos revelaram que o diatryma, era, afinal, um pássaro bastante dócil.

Com 2,13 metros de altura e uma cabeça e bico enormes, o animal, que não conseguia voar, foi sempre retratado como um predador perigoso, tanto em trabalhos científicos quanto na comunicação social.

O geólogo George Mustoe, da Universidade de Washington, afirma que o diatryma era considerado "o pássaro que substituiu os dinossauros como o maior predador".

Para Mustoe, o responsável pela pesquisa, diz que tudo não passou de um golpe para chamar a atenção sobre o pássaro: "Sejamos honestos: carnívoros assustadores e ameaçadores atraem muito mais a atenção do que dóceis herbívoros".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG