Descoberta planta carnívora que catapulta as suas presas

As plantas carnívoras ativas, que realizam movimentos para capturar as suas presas, já fascinam os cientistas desde que Charles Darwin as descreveu nos seus primeiros trabalhos. Agora, foi descoberta uma planta que consegue catapultar as presas.

As armadilhas, que se fecham como uma boca e dão uma dentada, e a sucção das presas são dois dos exemplos desta forma de alimentação no mundo das plantas. No entanto, os cientistas descobriram agora uma planta carnívora com métodos diferentes.

A Drosera Glanduligera, conhecida como "Orvalho do Sol", é sensível ao toque dos insetos que pousam nas suas folhas. Quando nota a sua presença, a planta catapulta-os, num movimento rapidíssimo, para a sua "armadilha da morte", onde são capturados e digeridos.

Os predadores rápidos e eficientes são comuns no reino animal mas raros nas plantas. A Drosera foi a primeira planta observada com movimento de tentáculos. "Estas plantas são de particular interesse para os biólogos por causa das suas sofisticadas e complexas adaptações estruturais", diz Thomas Speck, autor de um estudo publicado numa revista científica.

Os cientistas creem que esta técnica poderá ajudar a planta a aumentar a sua eficácia devoradora, e talvez permitir a captura de insetos maiores.

Mais Notícias