Cria de cagarros nasceu "em directo" na Internet

A cria do casal de cagarros que reside num ninho no Corvo, Açores, que está a ser acompanhado em tempo real pela Internet, nasceu domingo, revelou hoje a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA).

O ovo tinha sido posto no Dia Internacional da Criança, a 1 de Junho, e desde essa altura a vida do casal de cagarros tem sido acompanhada em directo através do endereço eletrónico http://cagarro.spea.pt, numa iniciativa inédita a nível mundial.

"Ao contrário do período de incubação, nos próximos tempos é de esperar elevada actividade no ninho durante a noite, pois a cria necessita de ser alimentada com frequência nos primeiros dias", refere a SPEA num comunicado em que anunciou o nascimento da cria de cagarro.

Numa fase posterior, a pequena ave vai "permanecer sozinha no ninho, enquanto os pais passarão o tempo no mar a pescar para a alimentar e para recuperar forças depois do longo período de incubação".

O cagarro, eleito Ave do Ano pela Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA), é uma das espécies mais emblemáticas dos Açores, encontrando-se neste arquipélago a maioria da sua população mundial na época da nidificação.

Com esta iniciativa, através de uma câmara de vídeo, é possível acompanhar os movimentos do casal quando se encontra no ninho, sendo esta a primeira vez a nível mundial que é disponibilizado online um ninho de cagarros.

A iniciativa integra o projecto "Ilhas Santuário para Aves Marinhas", coordenado pela SPEA, que pretende recuperar os habitats de nidificação dos cagarros, uma espécie que nidifica habitualmente em cavidades no solo ou em falésias inacessíveis.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG