Aves marinhas em perigo

Um estudo mostra que o mau estado dos oceanos está a provocar um declínio na população mundial dos pássaros que se alimentam no mar.

Os pássaros marinhos estão a perder populações em quase metade das espécies, revela um estudo publicado pela Bird Conservation International. Esta organização analisou 346 espécies de aves e apurou que 47% destas tinham declínios substanciais no seu número em locais de reprodução. Para surpresa dos próprios cientistas, 17 das 22 espécies da família do albatroz registavam reduções importantes.

O estudo, citado pela BBC, mostrou quedas mais acentuadas em aves marinhas, o que parece ser um indicador sério de problemas com a saúde dos oceanos. Os pássaros são ameaçados pela pesca comercial, pois muitos animais morrem nas redes, mas também invasões do seu habitat por outras espécies, sobretudo ratos.

A Bird Conservation International participa na elaboração da chamada Lista Vermelha da União Internacional da Conservação da Natureza, onde se calcula que 5% das aves marinhas estão numa categoria de "perigo crítico". Refira-se que estas espécies, que se reproduzem em terra e se alimentam no mar, representam 3,5% de todos os pássaros no planeta.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG