Uma Dívida de Honra

Leia aqui a crítica de João Lopes ao filme realizado e protagonizado por Tommy Lee Jones.

JOÃO LOPES (Classificação 2/5)

À maneira do velho "western"

Foi um dos acontecimentos mais insólitos do Festival de Cannes de 2014, mesmo se não foi um dos seus grandes filmes. Assumindo de novo a dupla função de ator/realizador (estreara-se como tal em 2005, com Os Três Enterros de um Homem), Tommy Lee Jones aposta na revitalização dos valores do velho western através de um desvio, se não feminista, pelo menos no feminino: esta é a história de um homem errante (Jones), muito para além de qualquer código clássico de heroísmo, encarregado de transportar três mulheres afetadas por problemas mentais, conduzindo-as até paragens onde poderão viver uma existência mais protegida. Nem sempre resistindo a um formalismo algo postiço, o filme evoca o espírito "revisionista" de alguns westerns das décadas de 1960/70, valendo, sobretudo, pelo talento de um elenco que inclui Hilary Swank, John Ligthgow e Meryl Streep.

Ficha de Filme

Título original: The Homesman

Realizador: Tommy Lee Jones

Com: Tommy Lee Jones, Hilary Swank, Meryl Streeo

Ano: 2014

Mais Notícias

Outras Notícias GMG