Disney aposta este ano num musical congelado

Chega hoje às salas o "filme de Natal" dos estúdios Disney, 'Frozen - O Reino do Gelo'. Um conto clássico atualizado com gosto.

Sejamos realistas: grande parte da lendária "magia Disney" deve-se às canções. Foram músicas como When You Whis upon a Star, de Pinóquio, Bear Necessities, de O Livro da Selva, ou Can You Feel the Love Tonight?, de O Rei Leão, que levaram estes estúdios a níveis de sucesso muito além dos seus concorrentes. São elas que muitas vezes vêm em primeiro lugar à mente quando se pensa num "clássico" Disney. Frozen - O Reino do Gelo, que se estreia hoje nos cinemas portugueses, assume em pleno essa característica, com a balada de Elsa Let It Go a liderar um conjunto de canções que correm o risco de se tornar mais memoráveis do que o filme propriamente dito - mesmo quando este é um espetáculo visual que usa em pleno a tecnologia 3D.

Realizado por Chris Buck e Jennifer Lee, 'Frozen' é baseado no conto de Hans Christian Andersen A Rainha da Neve e conta a história de Anna (Kristen Bell na versão original e Bárbara Lourenço na portuguesa) e Elsa (Indina Menzel que em português é Maria Camões) irmãs e herdeiras de um reino. Infelizmente Elsa, a mais velha, nasce com o poder de criar neve e gelo. Em crianças são muito próximas, mas um acidente leva os pais a separar as irmãs. O medo acaba por transformar Elsa numa prisioneira e deixa em Anna o desejo de recuperar a cumplicidade perdida.

Leia mais pormenores no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG