Vendas de 125 subiram 422% e chegaram às 6 mil unidades

O mercado dos motociclos de cilindrada 125cc atingiu 6.001 unidades vendidas no primeiro semestre deste ano, um aumento de 4.853 veículos face ao período homólogo e uma subida de mais de 420 por cento.

Este segmento de mercado revelou nesse período um crescimento de 422,3 por cento face aos primeiros seis meses de 2009, semestre em que as vendas rondavam as 1.150 unidades, segundo números divulgados pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

Este crescimento é justificado pela ACAP com a entrada em vigor da legislação que permite aos detentores de carta da categoria B (automóveis) conduzirem estes veículos, dispensando a carta de motociclos.

É, no entanto, ainda difícil fazer uma estimativa sobre a venda de veículos desta cilindrada nos últimos seis meses de 2009, uma vez que até à entrada em vigor da nova legislação -- a 14 de Agosto - o volume total de vendas era estimado com base na totalidade dos veículos de todas as cilindradas: ciclomotores, motociclos e quadriciclos, admite a ACAP.

Ainda assim, o mercado total de veículos de duas rodas e de quadriciclos registou em Dezembro um acréscimo de 15,9 por cento em relação ao mês homólogo do ano anterior, graças à nova 'Lei das 125', aplicável somente à categoria motociclos, revela a ACAP.

Em termos acumulados, o mercado global de duas e quatro rodas registou um acréscimo de 2,1 por cento durante o ano de 2009.

No último mês de 2009, o mercado de veículos de duas rodas registou 1.224 unidades em Dezembro, um acréscimo de 30,8 por cento face a idêntico período de 2008.

Os motociclos de cilindrada superior a 50cc atingiram, em Dezembro de 2009, as 910 unidades vendidas, o que representa um acréscimo de 97,8 por cento face ao mês homólogo de 2008.

Uma vez mais, a ACAP justifica este acréscimo com a nova legislação que fez com que o escalão 50-125cc representasse em Dezembro 69 por cento deste mercado (628 unidades).

Em termos acumulados, de Janeiro a Dezembro de 2009, a venda de motociclos de cilindrada superior a 50cc registou um aumento de 23,9 por cento, em relação ao ano anterior.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG