PT quer entrar na operadora nacional da Zâmbia

A Portugal Telecom (PT) está entre as oito empresas que querem comprar parte da Zamtel, operadora de telecomunicações pública da Zâmbia, que o governo pretende privatizar entre 51 e 75 por cento, divulgou hoje a agência Bloomberg.

Entre as operadoras que constam na lista estão ainda a sul-africana Telkom, a egípcia Orascom e a angolana Unitel, onde a operadora portuguesa detém 25 por cento do capital, a Altimo, da Rússia, a Bharat Sanchar Ningan e a Mahanagar Telephone Nigam, da Índia, e a LAP Greencom, da Líbia.

As empresas têm até 23 de Dezembro para submeter ofertas para a compra de capital entre 51 por cento e 75 por cento e aquelas que forem seleccionadas para a fase seguinte do processo serão convidadas pelo governo da Zâmbia a 11 de Janeiro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG