Oliveira Costa não quis prestar declarações no início do julgamento

O arguido José Oliveira e Costa disse hoje não querer prestar declarações no início do julgamento, que começou cerca das 11:00 com a identificação dos arguidos.

Oliveira e Costa, nascido em agosto de 1935 em Esgueira (Aveiro), foi o primeiro a ser identificado e disse ao juiz que não pretende "prestar declarações no início do processo".

O ex-presidente do BPN Oliveira e Costa começou hoje a ser julgado por crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação de documentos, branqueamento de capitais, infidelidade, fraude fiscal qualificada e aquisição ilícita de acções.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG