CGD lança cartão "feito" pelo cliente

Os clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD) vão poder "fazer" o seu próprio cartão de crédito, escolhendo as funcionalidades que querem sendo este depois feito "à medida", anunciou hoje o banco.

O produto é inédito no mercado e pode ser "encomendado" a partir de sexta-feira, podendo o cliente escolher, entre cerca de 1.000 funcionalidades disponíveis, quais quer que o seu cartão tenha.

A CGD já tem um leque de cerca de 40 cartões de crédito e débito diferentes, mas agora vai mais longe e "não atribui um cartão já existente, que conclua enquadra-se nas necessidades do cliente, mas sim desenvolve o cartão que cada pessoa escolhe", especificou Rui Mendes, num encontro com jornalistas para apresentar o novo produto.

O "Made By" permite escolher a rede que se quer usar, se é para usar só em caixas automáticas ou também noutros terminais de pagamento, o programa de seguros associado, a modalidade de pagamento, a imagem e muitas outras características.

"Cada pessoa escolhe o que mais valoriza ou precisa", frisou Rui Mendes, tendo a CGD como objectivo para este produto conseguir ter activos 10 mil cartões num ano.

Outra inovação é que não tem anuidade, mas sim mensalidade, que vai de um euro por mês a cinco euros por mês, que é devolvida caso a utilização mensal seja igual ou superior a 250 euros.

Num universo total em Portugal de cerca de 18,5 milhões de cartões bncários, segundo dados da SIBS, a CGD tem no total 4,5 milhões, dos quais quase 1,1 milhões são cartões mistos [crédito e débito diferido], um tipo de produto que Rui Mendes diz que está a aumentar, em substituição dos outros.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG