BPI estuda investimento em outros mercados

O Banco BPI está a estudar  investimentos noutros mercados, como forma de ganhar rentabilidade, afirmou  ontem Fernando Ulrich, presidente executivo do banco, que não quis identificar o país. “Haverá novidades em breve”, apenas disse.

O banco quer assim recuperar parte dos seus lucros vindos do exterior, depois de, no final de 2008, ter vendido 49,9%  do Banco de Fomento Angola. Esta operação teve reflexos nas contas de 2007, pois ao passar a  consolidar apenas 50% dos resultados do BFA, os lucros aportados pelo BPI passaram de 136,4 milhões de euros em 2008, para 83,5 milhões no ano passado, uma queda de 38%.
Mesmo assim, o BPI alcançou um resultado consolidado de 175 milhões de euros no ano passado, contra 150,3 milhões no ano anterior, um crescimento de 16,5%.
O produto bancário da instituição caiu 1,4%, com a margem financeira a diminuir 8,7%, para os 617 milhões de euros,  e as comissões a subirem apenas 1,9%, para 311,4 milhões de euros. Os recursos totais de clientes aumentaram 0,6%, a um ritmo inferior ao do crédito, que cresceu 2%.
O BPI reduziu  em 3,2% os seus custos de estrutura, conseguindo assim melhorar o rácio de eficiência, de 60% para 57,9%.
O banco constitui 33,2 milhões de euros em imparidades para crédito, não alocadas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG