Teatro Nacional de São João sem mecenas

O Teatro Nacional de São João rompeu o mecenato com a ANA Aeroportos, anunciou hoje a presidente do conselho de administração, Francisca Fernandes, na apresentação do programa do segundo trimestre. O teatro portuense sofre assim um corte de 310 mil euros.

Apesar de um corte de 310 mil euros e do fim do mecenato com a ANA Aeroportos, a administração do Teatro Nacional São João (TNSJ) espera um aumento de 20% nas receitas de bilheteira. Segundo Francisca Fernandes, a presidente do conselho de administração, ainda não foi encontrado um novo mecenas.

Quanto ao corte orçamental, que tem por base também o fim do mecenato, Francisca Fernandes explica que advém também dos custos com os recursos humanos e pela retenção de 47 mil euros decretada pela execução orçamental.

Para assinalar o Dia Mundial do Teatro, o TNSJ já inaugurou a exposição dedicada à atriz Fernanda Alves, com instalações de Nuno Carinhas. Hoje será também o último dia em que a peça 'Fernanda - Quem Falará de Nós, os Últimos?', encenada por Fernando Mora Ramos, entra em cena no Mosteiro São Bento da Vitória, no Porto.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG