Teatro louvado pela Assembleia da República na pessoa de Ruy de Carvalho

Ator esteve presente na votação por unanimidade de louvor ao "reconhecimento de todas as artes cénicas"

Por ocasião do Dia Mundial do Teatro, que se assinalou na segunda-feira, a Assembleia da República aprovou hoje por unanimidade um voto de louvor pelo dia e juntou todas as bancadas "na celebração e reconhecimento de todas as artes cénicas", na presença do ator Ruy de Carvalho.

A presença deste ator é também ela sinalizada pelo voto de louvor aprovado. No texto, inicialmente apresentado pela bancada do CDS, lê-se que, "entre todos os artistas" que se celebram, assinala-se "especialmente o actor Ruy de Carvalho, que celebra este mês os seus 90 anos de uma extraordinária vida, 75 dos quais dedicados ao Teatro". "Ele é a prova viva do talento, da dedicação, da permanente reinvenção e da entrega a uma arte e ao público português - que o reconhece como um dos seus maiores", aponta ainda o voto de louvor.

O texto refere que a celebração desta arte - "eterna porque sempre reinventada, como a atriz Isabelle Huppert afirma [...], na mensagem oficial da UNESCO para o Dia Mundial do Teatro" - completa-se ao longo da História: "As peças mais contemporâneas são alimentadas pelos séculos passados, os repertórios mais clássicos tornam-se modernos de cada vez que os encenamos." Mais: o "teatro é muito forte" e "resiste e sobrevive a tudo, à guerra, à censura, à penúria".

Para os deputados da Assembleia da República, é na "capacidade de representar outro" e na "ausência de ódio", "que temos a possibilidade de criar cidadãos do mundo".

Todos os deputados aplaudiram de pé o ator Ruy de Carvalho, que estava nas galerias.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG