Raquel Tavares estreia-se nos Coliseus

A fadista vai apresentar o seu mais recente álbum, "Raquel", nas salas de Lisboa e do Porto nos dias 21 e 22 de abril.

Raquel Tavares, uma das vozes do Fado contemporâneo, vai apresentar-se pela primeira vez em nome próprio nas duas mais emblemáticas salas portuguesas, os Coliseus, no próximo mês de abril.

A fadista sobe ao Coliseu dos Recreios, em Lisboa, dia 21 e no dia seguinte no Coliseu do Porto, espetáculos em que vai apresentar o último álbum de estúdio, Raquel, editado a 6 de maio, que tem em Meu Amor de Longe um dos temas mais conhecidos do grande público.

[yputube:DZAzhEOkpN8]

"Vou concretizar um dos maiores sonhos da minha vida. Cantar nos Coliseus de Lisboa e Porto. Precisamente 20 anos depois de ter pisado o palco do Coliseu de Lisboa pela primeira vez na Grande Noite do Fado (1997), apresento o disco Raquel, num concerto que no último ano me tem dado tantas alegrias, juntamente com a equipa que me acompanha e que vive tudo isto tanto quanto eu. É enorme a emoção e poucas as palavras para a descrever. Sei que serão duas noites mágicas que ficarão guardadas em mim para sempre, como aquela noite há 20 anos", explica a fadista, em comunicado.

Raquel, o terceiro longa-duração, sucessor de Bairro (2008), produzido por Fred Pinto Ferreira, João Pedro Ruela e Tiago Bettencourt, apresenta o fado da artista em 12 canções, num trabalho que junta importantes compositores da moderna lusofonia, como Caetano Veloso, Mallu Magalhães, Rui Veloso, António Zambujo, Miguel Araújo, Jorge Cruz e Tiago Bettencourt, a nomes incontornáveis da sua história, de Alfredo Marceneiro a Pedro Homem de Mello, passando por João Dias, Carlos Rocha ou Arlindo de Carvalho.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG