Portugueses podem eleger a sua livraria preferida

A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros, pelo quinto ano sucessivo, desafia os leitores a escolherem a sua "Livraria Preferida", através de uma votação 'online', que se iniciou hoje.

A votação elege ainda a Livraria com "Melhor Ambiente", "Melhor Atendimento", "Melhor Catálogo" e o Prémio Conveniência de Serviços, terminando no dia 28 de maio, sendo os vencedores anunciados durante a Feira do Livro de Lisboa, que decorre de 01 a 18 de junho, anunciou a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) em comunicado.

A votação é acessível a partir da página de abertura do sítio da APEL na internet, www.apel.pt, ou no endereço http://www.apel.pt/pageview.aspx?pageid=954&langid=1 (basta clicar na imagem que endereça a um questionário).

A "Livraria Preferida" é uma iniciativa da APEL, no âmbito do projeto "Ler em Todo Lado", que tem "como principal objetivo a promoção dos hábitos de leitura junto de diversos públicos em diferentes locais e através de diversas ações".

A primeira edição, em 2013, começou por premiar a livraria preferida dos lisboetas, tendo sido escolhida a Bertrand do Chiado, em Lisboa.

No ano seguinte, a eleição alargou-se ao território nacional.

Segundo a APEL, no ano passado houve "mais de 4.500 participantes que votaram online", tendo saído vencedora pela segunda vez consecutiva a livraria A das Artes, em Sines.

"Em funcionamento desde julho de 2003, este espaço dedicado às artes oferece aos seus visitantes não só livros como, também, música, artesanato e artes plásticas", referiu a APEL no comunicado então divulgado.

Em 2º lugar ficou a Livraria Aqui Há Gato, em Santarém, no 3º a LeYa na Bucholz, em Lisboa, no 4º a Arquivo, em Leiria, e no 5º a Traga-Mundos, em Vila Real.

O Prémio Melhor Ambiente foi atribuído à Lello & Irmão, no Porto e o de Melhor Catálogo foi para a FNAC Colombo, enquanto o Prémio Conveniência foi entregue à Livraria Barata, em Lisboa.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG