Os melhores momentos dos Globos de Ouro

Uma compilação dos melhores momentos da gala que se realizou na noite de domingo no Hotel Beverly Hilton, em Beverly Hills na California

A Gala dos Globos de Ouro é, a par dos Óscares da Academia, um dos acontecimentos mais importantes para a indústria do cinema e da televisão. Cuidadosamente escrutinada pelo público, a cerimónia é seguida não apenas por causa dos artistas vencedores, mas também pelo glamour que envolve as celebridades presentes e, por norma, por causa do apresentador ou apresentadora, que promete desafiar a plateia de estrelas e oferecer os momentos cómicos da noite.

Ricky Gervais, claro

O regresso de Ricky Gervais como apresentador da cerimónia, após várias polémicas em que esteve envolvido em Hollywood, marcou uma noite que prometia ser de entretenimento e diversão. No discurso inicial e com um copo de cerveja na mão, o ator britânico fez várias piadas sobre as celebridades presentes, algumas recebidas com desagrado.

Gervais começou logo por fazer referência à entrevista de Sean Penn com El Chapo, acusando o ator de ser um "bufo" e ter denunciado onde era o esconderijo do traficante mais procurado do mundo. Caitlyn Jenner foi elogiada por trazer visibilidade à causa dos transexuais e criticada por representar mal as mulheres condutoras de todo o mundo. Gervais referia-se ao acidente de viação em que Caitlyn Jenner esteve envolvida e em que morreu uma pessoa.

O facto de as atrizes de Hollywood receberem menos do que os homens também foi mencionado por Gervais. O ator garantiu que lhe foi pago exatamente o mesmo que às apresentadoras da gala dos Globos de Ouro de 2015, Tina Fey e Amy Poehler, mas que não havia problema, pois as duas "gostavam de partilhar".

Quando o apresentador falou sobre a nomeação de Spotlight, um filme que fala sobre os abusos sexuais de menores na Igreja Católica, foi aplaudido. Quando mencionou o nome do realizador Roman Polanski, acusado de pedofilia, houve algumas caras preocupadas.

"E se ganharem um prémio hoje, lembrem-se que ninguém quer saber, ninguém se interessa tanto pelos prémios como vocês", anunciou o apresentador antes de deixar o palco. "E não sejam lamechas, é embaraçoso!"

O urso guloso

A dupla Jonah Hill e Channing Tatum subiu ao palco para apresentar o prémio de Melhor Atriz Secundária, mas o mais marcante foi o facto de Jonah estar mascarado de urso, enquanto dizia piadas e palavrões. O fato era uma alusão aos rumores que circularam pela internet, de que Leonardo DiCaprio teria sido violado por um urso durante a filmagem do filme O Renascido.

Channing perguntou ao urso Jonah qual era o sabor de DiCaprio e ele respondeu apenas "controla-te". No final e antes de anunciar a vencedora daquela categoria, Jonah acrescentou que não se importava de experimentar alguns dos diretores de estúdios cinematográficos. "Estou a brincar, mas não se esqueçam de que sou um urso", avisou.

Como perder...com dignidade

Nas redes sociais está a ser comentado o facto de Aziz Ansari ter sido filmado a ler um manual de "Como Perder para Jeffrey Tambor com Dignidade", uma referência às nomeações para Melhor Ator de Séria de Comédia, quando na verdade quem venceu foi Gael García Bernal, pelo seu papel em Mozart in the Jungle.

"Eu queria agradecer a...."

Sylvester Stallone recebeu a primeira ovação em pé da noite quando aceitou o prémio de Melhor Ator Secundário, pelo filme Creed, O legado de Rocky. Depois dos aplausos vieram as críticas. O ator foi condenado nas redes sociais por se ter esquecido de agradecer ao realizador e ao protagonista do filme, Michael B. Jordan. Entre as várias críticas a voz de Samuel L. Jackson destacou-se.

Bolachas para todos

Taraji P. Henson arrancou algumas gargalhadas ao público quando recusou encurtar o seu discurso por falta de tempo. "Eu esperei 20 anos por isto. Vocês vão esperar", disse a vencedora do prémio de Melhor Atriz de televisão em série dramática.

"Quem diria que representar uma ex-presidiária me levaria tão longe?", perguntou Taraji, que faz papel de Cookie, uma mulher que passou 17 anos presa por tráfico de droga na série Empire.

À saída do palco, Taraji distribuiu bolachas pelos presentes, recordando o nome da sua personagem: Cookie significa bolacha em inglês.

E o grande homenageado da noite foi...

A segunda ovação em pé foi para Denzel Washington. Com a família em palco e o ator Tom Hanks, com quem protagonizou o filme Filadélfia, Denzel Washington recebeu o prémio Cecil B. DeMille em reconhecimento da sua carreira.

Imagens dos principais filmes do ator de 61 anos como Dia de Treino, Malcom X, Tempo de Glória, Homem em Fúria e Filadélfia foram passadas antes de Denzel ter subido ao palco e, com um discurso improvisado e algumas conversas paralelas com a sua mulher, Denzel agradeceu emocionado.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG