O regresso de um filme de culto de Terry Gilliam

"Brazil", Terry Gilliam

Importa começar por confirmar uma muito positiva tendência comercial: com regularidade, o mercado português voltou a dar a ver filmes mais ou menos "antigos" capazes de ajudar os espectadores a (re)organizarem as suas memórias cinéfilas. O que não impede que consideremos este Brazil, datado de 1985, como um dos exercícios mais gratuitos e formalistas de toda a carreira de Terry Gilliam.

Dando largas ao seu gosto pela exploração de universos distópicos, de que 12 Macacos (1995) viria a ser a materialização mais célebre, Gilliam conta a história de um homem à deriva (Jonathan Pryce) numa sociedade futurista e totalitária, confundindo a aceleração da montagem e a exibição de imagens disformes com o verdadeiro trabalho narrativo - isto sem esquecer que, para muitos, Brazil é um imaculado objeto de culto.

Classificação: * (medíocre)

Mais Notícias

Outras Notícias GMG