O que aprendemos com "O Sexo e a Cidade"?

Que uma mulher pode ser feliz sozinha e que não se deve sentir culpada por ganhar mais do que um homem, entre outras lições de Carrie, Charlotte, Samantha e Miranda.

Eu sou aquilo que visto (mas não só)

Carrie é obcecada com sapatos e tem uma relação muito profunda com o seu closet. É claro que é vaidosa e que se preocupa com a sua imagem mas isso não quer dizer que seja tolinha. A primeira lição que aprendemos com O Sexo a Cidade é que as roupas que usamos são uma forma de expressão e podem também ser uma forma de "empoderamento". A moda não é uma prisão para Carrie mas antes uma das suas liberdades - ela pode usar o que quiser, seja uma saia de tule ou vestido de noite, uns sapatos caríssimos ou umas sandálias de plataforma.

A importância de ter um "Rabbit"

É um dos episódios mais comentados de O Sexo e a Cidade: quando Charlotte descobre as maravilhas de um vibrador chamado The Rabbit e fica completamente viciada, recusa-se a sair com as amigas e só quer estar em casa a desfrutar do seu novo brinquedo. A situação é obviamente exagerada mas serve para quebrar um dos maiores tabus da televisão: a masturbação feminina, os vibradores e as mulheres que assumem a responsabilidade pelo seu próprio prazer. O assunto voltaria a ser falado mais vezes e com as outras personagens.

É melhor está sozinha mas feliz

"I love you, but I love me more"- "Gosto de ti, mas gosto mais de mim." Ao longo da série, Samantha usa a frase duas vezes: A primeira vez com Richard, um homem por quem ela era apaixonada mas em quem não confiava e isso torna-se insuportável. Depois, quase no final da série, ela volta a dizê-lo a Smith que era praticamente o homem perfeito - lindo, jovem, dedicado - mas com quem não se sentia feliz. Samantha já tem mais de 50 anos mas não se sente bem na relação e não teme ficar sozinha. Porque não temos todas que andar à procura de um príncipe.

Ser uma mulher independente

Em O Sexo e a Cidade, Miranda representa as mulheres que têm ambições para a sua carreira. E no entanto é também aquela que tem a relação mais longa - com Steve -, a única que engravida e que está disposta a ter um filho sozinha. Miranda pode ter muitos problemas mas seguramente não tem problemas de dinheiro. É auto-suficiente. Compra um apartamento sozinha. Ganha mais dinheiro do que o seu companheiro - obviamente que isso não é um problema para ela e também deixa rapidamente de ser um problema para ele. "Não quero ter de pedir desculpas pelo meu sucesso", diz ela.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG