Portugal Music Export "é concretização de um sonho"

A criação do Portugal Music Export, com o objectivo de promover a música portuguesa no estrangeiro, constitui, para os responsáveis envolvidos no protocolo hoje assinado, em Lisboa, "a concretização de um sonho de há muitos anos".

Esta agência de apoio à internacionalização e exportação da música portuguesa vai receber cerca de um milhão de euros no triénio 2011-2013, acrescentado por cerca de 150.000 euros da SPA e da GDA, anunciou hoje a ministra da Cultura.

Pretende "dar um forte impulso à exportação da música portuguesa" - sublinhou Gabriela Canavilhas - e constitui "um importante contributo para a criação de riqueza e emprego, e para a afirmação da língua portuguesa no mundo", que destacou como uma das prioridades do Governo. Segundo a ministra da Cultura, esta agência irá dedicar-se à criação de um produto de marca na exportação da cultura e economia do país, numa área -- música portuguesa em vários estilos - "já com reconhecida receptividade nos mercados internacionais".

Depois da assinatura do protocolo, José Jorge Letria sublinhou que a iniciativa, aos olhos de muitos autores e artistas, "vai consubstanciar um sonho e um projecto de muitos anos". "É um passo significativo para que esta área possa contribuir para a recuperação da economia, a criação de novos postos de trabalho e a internacionalização da cultura portuguesa", disse ainda o presidente da SPA, acrescentando: "Em contexto de crise, temos direito a este estímulo de esperança".

"Os artistas sonham, o Estado decide e a obra nasce", comentou também José Jorge Letria, convicto que "com este gabinete, será possível ir mais longe" e que "irá servir cerca de 25 mil autores portugueses". Por sua vez, o presidente da GDA, Pedro Franco Wallenstein Teixeira, recordou as "dificuldades no percurso até à concretização deste sonho", resultante "de uma conjugação de factores". "Precisamos desesperadamente de criatividade e de auto-estima", sublinhou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG