Novo álbum de Chico Buarque cria expectativa

Com pré-venda, entrevista e lançamento pela Internet, o cantor brasileiro Chico Buarque conseguiu vender até agora, e sem sair de casa, 8.000 unidades do novo álbum, que só chega às lojas a partir de sexta-feira.

O número não parece imponente, especialmente se comparado com os discos mais vendidos da História, mas é uma vitória na luta contra a pirataria e contra os descarregamentos gratuitos na Internet.

Os assessores responsáveis lembram que este é apenas o primeiro "lote" de exemplares destinado aos fãs mais ansiosos, já que a venda em loja começa de verdade a partir da próxima semana.

Quem adquiriu o CD "Chico" em pré-venda já começou a recebe-lo em casa desde quarta-feira, dia em que houve um lançamento virtual, no qual Chico Buarque fez, a partir de casa no Rio de Janeiro, uma apresentação ao vivo pela Internet de duas das novas canções, "Sinhá" e "Nina".

A actuação, que durou 30 minutos e foi transmitida ao vivo na página do cantor na Internet, registou 147.000 acessos, sendo 15.000 simultâneos, segundo informações de sua assessoria.

A sobrelotação chegou a bloquear a página por alguns instantes, mas Chico Buarque repetiu os agradecimentos que fizera no começo para não desagradar os fãs que tinham perdido o início da apresentação.

Acompanhado de João Bosco na guitarra acústica, o cantor e compositor brasileiro cantou o tema "Sinhá" e logo, a atender o pedido da plateia que o via comodamente em suas casas, a inédita "Nina". Chico também conversou com o parceiro musical e respondeu a algumas perguntas dos internautas.

A apresentação tornou-se rapidamente um dos temas mais comentados do Twitter no Brasil.

Outra estratégia inovadora foi o vídeo virtual publicado com exclusividade para a imprensa na semana passada, no qual Chico Buarque aparece a comentar o seu novo trabalho.

Com esta estratégia, o músico conseguiu escapar à "enxurrada" de pedidos de entrevistas que recebe a cada vez que um álbum seu é anunciado, mas foi, ainda assim, a capa dos cadernos de cultura de todos os principais jornais do país.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG