Fiorenza Cossotto na homenagem ao Coro do São Carlos

O Coro do Teatro Nacional de São Carlos foi homenageado esta tarde por ocasião da comemoração dos seus 70 anos de existência.

A cerimónia, realizada sobre o palco do teatro, contou com a presença especial de Fiorenza Cossotto, uma das maiores cantoras do século XX, cuja carreira passou por várias vezes pelo palco do São Carlos, onde atuou pela primeira vez em 1967 e, pela última, em 1991.

O grande mezzo-soprano italiano foi também objeto de uma homenagem, recebendo uma placa comemorativa das mãos do presidente do Opart (entidade que gere o São Carlos), José António Falcão, após uma resenha da sua impressionante carreira (com vários exemplos áudio e vídeo) conduzida por Jorge Rodrigues, membro do Coro do São Carlos.

Todos os elementos atuais do Coro e vários antigos - especialmente convidados para a ocasião - foram também homenageados neste ato festivo. Num momento difícil da vida do único teatro de ópera português, e com ele também do Coro, ficou particularmente gravado o apelo emocionado de uma antiga coralista: "Não deixem morrer o Coro do São Carlos!"

Fiorenza Cossotto estará esta sexta-feira também no primeiro concerto do Festival Ao Largo 2014, com a Orquestra Sinfónica Portuguesa e o Coro do São Carlos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG