Casa de Amy Winehouse assaltada dias após a sua morte

Bens insubstituíveis de Amy Winhouse foram roubados da sua casa, em Camden, dias após a morte da cantora, foi hoje noticiado.

O pai da cantora acredita que foram levados pertences tão precisos como cópias de faixas ainda não lançadas, letras de músicas que a cantora estaria escrever para o seu teceiro álbum, cartas, e uma das suas guitarras favoritas.

Mitch Winehouse disse à "Sky News" que as cópias das faixas que a artista não lançou, bem como livros com letras e cartas desapareceram todos.

Também o jornal "The Sun" refere hoje que Mitch Winehouse apercebeu-se do roubo oquando regressou de férias e se deparou com a perda de bens pessoas da filha. Mitch jura agora apanhar os culpados do roubo.

Cerca de 20 pessoas, incluindo família, amigos, seguranças e polícia, tiveram acesso à casa de Amy desde a sua morte.

Um membro do circulo de amigos de Amy falou ao tablóide britânico: "Isto foi um choque muito grande para a família. Que alguém descesse tão baixo... Eles não o conseguem entender. O Mitch está estupefacto. A família e a companhia discográfica ainda estavam longe de decidir o que fazer com a musica de Amy que não foi lançada. O facto de isso lhes ter sido tirado das mãos é horrível".

A casa, em Camden Square, a norte de Londres, foi declarada uma cena criminal após a morte da cantora, a 27 de Julho. O pai de Amy, dias após a sua morte, que distribuiu roupas da cantora a alguns fãs que estavam à porta de sua casa (ver notícia relacionada), teve de preencher um inventário completo com os seus bens para depois entregar à polícia.

O namorado da cantora, Reg Traviss, de 35 anos, vai ajudar a família a perceber se existe mais alguma coisa desaparecida. Até agora, dois livros com letras para canções foram oficialmente declarados em falta pela polícia. A fonte do The Sun, porém, acrescentou: "O Mitch está disposto a dar a quem tiver os itens roubados a chance para fazer a coisa certa e devolvê-los, para que não tenham de haver confusões".

A polícia decretou a morte da cantora como "inexplicável" e os resultados dos exames toxicológicos só serão conhecidos no final do mês.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG