A estreia de Paloma Faith em Portugal

A cantora britânica Paloma Faith levou até ao Parque da Bela Vista as canções recentes de 'A Perfect Contradiction'.

Paloma Faith foi a primeira estreia em território português proporcionado pela edição deste ano do Rock in Rio-Lisboa, tendo continuado a percorrer os caminhos da soul e do r&b mais clássicos que pouco antes também tinham sido traçados pela portuguesa Aurea.

Acompanhada por uma banda de sete elementos, todos eles vestidos com o mesmo padrão axadrezado que a cantora envergava no seu fato, depois de ter iniciado o concerto com Mouth to Mouth e Take Me, Paloma Faith recorreu a uma cábula para falar em português no seu primeiro contacto com o público. Chegou a admitir que estava um pouco doente (o que não afetou a sua prestação vocal), tendo acrescentado pouco depois que Portugal tem o dos seus pratos favoritos: o tradicional pastel de nata.

Se durante o primeiro concerto no Palco Mundo Boss AC e Aurea recuperaram o conhecido Happy, de Pharrell Williams, o cantor e produtor norte-americano voltou a estar "presente" na Cidade do Rock pela voz de Paloma Faith, que interpretou Can't Rely On You, canção que Williams compôs e produziu para a cantora.

O tema demarcou-se do restante alinhamento, não só pelo seu fraseado percussivo mais quebrado, mas também pela linha de guitarra funk a que Pharrell Williams tem recorrido com tanta frequência nos últimos tempos (basta recordar singles como Get Lucky dos Daft Punk ou Blurred Lines de Robin Thicke, ambas com produção de Pharrell).

Este registo celebratório contrastou com versão que a cantora fez de Crazy Love, um original de Van Morrison, num dos momentos mais recatados da noite.

Antes de se despedir passou ainda por outros temas do seu último álbum, como Trouble With My Baby ou o single Only Love Can Hurt Like This.

Depois do concerto seguiu-se o habitual momento de fogo-de-artifício, que nesta edição acontece mais cedo do que nos anos anteriores.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG