Movimento Popular celebra José Afonso

O projeto Amigos Maiores que o Pensamento escolheu as escadas da Casa da Música para assinalar o arranque do movimento que pretende celebrar, ao longo de 2012, a obra e vida de José Afonso e Adriano Correia de Oliveira.

Em 2012, cumprem-se 25 anos sobre a morte de José Afonso e 30 anos sobre a de Adriano Correia de Oliveira e se "não se comemora a morte de amigos", como afirmou um dos organizadores, Paulo Esperança, a vontade de "celebrar a obra e o exemplo cívico" dos dois cantores, levou já a que mais de 120 entidades e cerca de 500 pessoas tenham subscrito um manifesto intitulado "Tempos de borrasca invadem-nos a alma!".

Na terça-feira, ouviram-se à porta da Casa da Música os bombos do grupo Ritmo de Fogo, a que se seguiu uma curta atuação dos Canto D'Aqui, já na escadaria interior do edifício. Na conferência de imprensa que se seguiu, Paulo Esperança admitiu que a escolha para a apresentação da Casa da Música, que não subscreveu o manifesto, foi feita pensando que "esta casa, que deve ser aberta à população, é uma casa onde o Zeca e o Adriano podiam perfeitamente estar com a lotação esgotada".

Segundo Paulo Esperança, existe mesmo a possibilidade de a Casa da Música, que tem tido uma programação para 2012 dominada pela música erudita, poder vir a receber, em julho, um espetáculo que reúna a grande parte das bandas que aderiram a este movimento.

O documento que instituiu o projeto Amigos Maiores que o Pensamento afirma que a comemoração do falecimento dos dois músicos é um "pretexto de celebração, propulsor da convergência necessária entre todos os que vieram por bem e quiseram lutar por um mundo melhor, porque é tempo de ir para a rua gritar". Interrogado sobre a natureza política do movimento, outro dos organizadores, Mário Correia, afirmou que "é evidente que o exemplo que retomamos do Zeca e do Adriano não é inocente de maneira nenhuma", até porque "a obra deles tomou partido", mas recusou qualquer outro movimento que não fosse de índole cultural.

O manifesto que está disponível em www.amigosmaioresqueopensamento.wordpress.com, já foi subscrito por entidades tão diversificadas como a Escola Secundária Alexandre Herculano, as companhias de teatro Palmilha Dentada ou Barraca, a Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto e a Confraria dos Ovos Moles de Aveiro, bem como por várias associações cívicas e culturais galegas.

A ideia dos organizadores, que funcionam sem uma direção instituída, é, segundo Mário Correia, "potenciar o trabalho em rede", permitindo que as várias instituições e pessoas possam encontrar por si formas de colaborarem nesta iniciativa.

O primeiro evento está agendado para a Taberna Svbvura, em Braga, a 26 de janeiro, ocasião em que se irão apresentar poemas de 1955, não musicados, de José Afonso. Entre outras iniciativas, está já programado um tributo aos dois músicos no Teatro Circo de Braga, a 23 e 24 de fevereiro, e a encenação da peça "Madrugada", com música de José Mário Branco, para o Teatro Helena Sá e Costa, no Porto.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG